preloader

Blog

Isolamento Térmico

Isolamento térmico em telhados ou paredes

Para aplicação das soluções eccoLust visando isolamento térmico em telhados ou paredes, siga as etapas abaixo.

Análise do local e área a ser reformada:
a) Verificar perfil da telha, se é metálico, se está oxidado e se necessita de calafetação para fins de compra de material;

EPI´s:
a) Reúna todos os EPIs e ferramentas necessárias e isole o local a ser trabalhado;

Cuidados prévios à aplicação:
a) Verificar o tipo de telha e consulta em nosso site qual a área real desenvolvida da telha para aquisição da quantidade correta do produto;
b) Rendimento:
– Telhados novos, rendimento final de 75 m² por balde de 18 l;
– Telhados metálicos oxidados tratados com eccoOxitop, o rendimento final de 65 m² por balde de 18 l;
– Telhados de fibrocimento, rendimento final de 56m² por balde de 18 l;
c) Se necessitar de calafetação, utilizar o produto eccoPolywater DS, rendimento de 20m² por balde de 18 litros;
d) Se estiver oxidado, utilizar o produto eccoOxitop, rendimento de 120m² por balde de 18L;

Preparo da superfície:
a) Telhados oxidados não precisam ser lavados, somente executar remoção mecânica e aplicação de eccoOxitop;
b) Executar remoção mecânica da oxidação. Aconselhamos a utilização de escova rotativa;
c) Após a remoção mecânica, aconselhamos o menor tempo de exposição ao ar, pois ocorrerá um processo de oxidação acelerado, chamado de oxidação relâmpago;
d) Logo após a remoção mecânica, aconselhamos a limpeza da telha com um pano contendo álcool para que não haja formação de nova oxidação. Pode ser utilizada água, desde que não haja formação de oxidação relâmpago;
e) Aplicar eccoOxitop com rolo, sem diluição, diretamente sobre o substrato seco, limpo e livre de oxidação;
Para telhas novas:
Hidrojateamento do telhado, com pressão acima de 2000 psi para remoção da camada protetora;
Para telhas de fibrocimento:
Hidrojateamento do telhado, com pressão acima de 2000 psi para limpeza;
OBS: Verificar se o telhado não necessita de impermeabilização em calhas e parafusos de fixação;

Preparo do produto:
a) Com o auxílio de um batedor, agitar a tinta até que fique homogênea;
b) Se o produto ficou tempo parado, poderá haver segregação na superfície. Isto são as microesferas ocas de vidro que possuem menos densidade que a água e flutuam;
c) Estas não devem ser removidas, devem ser reintegradas e agitadas até que a tinta fique homogênea;
d) A diluição não é indicada, pois poderá haver segregação de microesferas. Se for de gosto do aplicador a diluição, aconselhamos diluição máxima de 10 % para aplicação com rolo e constante agitação para que não haja segregação;
e) Para utilização em bombas airless, aconselhamos a utilização de peneira malha 80 no pescador e diluição de 15-20%;
f) Todos os baldes de eccoColor em cores são aferidas com espectrofotômetro para controle da cor. Tintas coloridas devem ser muito bem agitadas, pois podem conter pigmentos com densidade maior que água que tendem a ficar no fundo do balde. Se não for bem agitado haverá variação de cor não coberta pela garantia;

Cuidados durante a aplicação:
a) Utilizar rolo de lã longa, pois o produto possui viscosidade diferente que produtos convencionais;
b) A utilização de rolo de espuma não afeta o produto, mas não aconselhamos;
c) A espessura de aplicação úmida deve ser de 250 mícrons (duas demãos sem diluição);
d) O consumo de material é diretamente proporcional à espessura de aplicação, portanto a espessura deve ser sempre controlada para máxima otimização do consumo;
e) A previsão do tempo em pinturas externas deve ser sempre monitorada. O produto pode receber chuva somente após sua completa polimerização, que acontece em 5 horas;
f) Se o produto receber chuva ou sereno antes de 5 horas de secagem, uma demão extra deverá ser executada. O efeito autolimpante e isolante térmico depende das materiais que ficam em suspensão na tinta, que somente se aderem após a polimerização total. Se isto ocorrer, o produto não será autolimpante e perderá sua capacidade térmica devido à ausência das microesferas e superfície autolimpante;
g) O intervalo entre demãos é de no mínimo de 5 horas;
h) A temperatura durante a aplicação deve ser de +5ºC até 50ºC na superfície. Isto é fundamental para o correto funcionamento do produto;
i) Dois aplicadores com máquina airless rendem em média 1200 m2 por dia por demão;
j) Analisar a necessidade de calafetação / vedação com eccoPolywater sobre os parafusos de fixação. Se for aplicado PU, aplicar duas demãos prévias de eccoColor com pincel, com o intuito de proteção dos parafusos de fixação;

Cuidados após a aplicação:
a) Depois de polimerizada (curada), eccoColor aceita temperaturas até 150ºC graus;
b) O efeito autolimpante somente funcionará se a superfície não encardir e se o produto estiver exposto à sol e chuva;
c) Para locais com tráfego, deverá ser aplicado o produto eccoPolywater sobre eccoColor;
d) Um plano de manutenção e limpeza do telhado deve ser cumprido, para que o telhado não fique encardido e o efeito autolimpante seja interrompido. Somente com o produto exposto ao sol e chuva que o efeito autolimpante terá funcionamento;
e) Aconselhamos uma lavagem do telhado com hidrojato à cada 12 meses, pelo menos;

Cuidados fundamentais para o funcionamento do produto:
a) Completa homogenização do produto;
b) Lavar a superfície conforme procedimento;
c) Aplicar eccoOxitop em superfícies oxidadas;
d) Calafetar locais onde haja furos e buracos;
e) Aplicar eccoPolywater sobre eccoColor onde houver tráfego;
f) Respeitar os intervalos entre demãos;
g) Respeitar as temperaturas de aplicação;
h) Não misturar com qualquer outro produto;


×
preloader